PLANTAR PORTUGAL

Participa neste movimento nacional de cidadania activa, que pretende unir a sociedade em torno do desígnio de tornar Portugal um país mais sustentável, através da valorização das Florestas, Agricultura e Meio Ambiente. Semana da Reflorestação Nacional - Uma iniciativa de Reflorestação Nacional do Movimento Plantar Portugal a Defender a Floresta e a Reflorestar Portugal. Em Portugal, Escolas, Freguesias e Municípios unem-se ao movimento e durante uma semana vão ao encontro da floresta para a Vivenciar, Proteger e para Plantar Portugal, respeitando a biodiversidade e as espécies autóctones.

Reflorestação Nacional Aderir
  • Página:
  • 1

SOBREIRO (quercus suber) #363

CENTRO DE INFORMAÇÃO E ESTUDOS > SOBREIRO (quercus suber)

Descrição: É uma árvore de porte mediano, tronco tortuoso e folhas persistentes, com 15-20 metros de altura, atingindo excecionalmente, nalguns casos, os 25 metros. O tronco ramificado em grossas pernadas é revestido por casca acinzentada, algo enegrecida, espessa e fendida, denominada cortiça. O fruto do sobreiro é a bolota.



Distribuição geográfica: Originário do Oeste da Região Mediterrânica: Portugal, Espanha, França, Itália, Argélia e Marrocos, o Sobreiro é uma árvore comum em todo o País, com grande prevalência a sul do Tejo onde surge na forma de montados e mais esporádica na região norte.

Utilização: Árvore muito importante pelo valor comercial da cortiça, produto do qual Portugal é o primeiro produtor mundial, sendo que a cortiça também serve para proteger a árvore do fogo e fornece abrigo a inúmeros animais, sobretudo insectos e plantas: musgos, líquenes e até algas microscópicas. Os frutos (bolotas) servem de alimento para porcos e a madeira, em virtude do seu elevado poder calorífico, é muito utilizada para a produção de lenha.

O Sobreiro tolera climas com períodos estivais secos e pluviosidade baixa, aprecia no entanto um teor médio de humidade do ar e do húmus, suportando mal as geadas; desenvolve-se bem em todos os solos de textura leve a média e pH ácido ou neutro, mas evita os calcáreos.

Os "montados de sobro", como "os montados de azinho" encontram-se geralmente em associação com uma outra cultura ou pastagem. Existe também em povoamentos mistos com azinheiras.




Floração de Abril a Junho.
Frutifica desde os primeiros anos.
Maturação dos frutos no Outono.
Propaga-se por semente.
Vive cerca de 300 anos.
Não vai além dos 500 m de altitude.

    Olá Visitante!
    O conteúdo deste artigo encontra-se parcialmente oculto.
    Aproveita este momento e efectua o teu registo se ainda não fores membro e assim poderes ver a totalidade do conteúdo publicado.
    Associa-te a esta causa!

...

Loja de Sementes Biológicas © Certificadas
  • Página:
  • 1
Moderadores: Plantar Portugal
Tempo para criar página: 0.11 segundos