PLANTAR PORTUGAL

Participa neste movimento nacional de cidadania activa, que pretende unir a sociedade em torno do desígnio de tornar Portugal um país mais sustentável, através da valorização das Florestas, Agricultura e Meio Ambiente. Semana da Reflorestação Nacional - Uma iniciativa de Reflorestação Nacional do Movimento Plantar Portugal a Defender a Floresta e a Reflorestar Portugal. Em Portugal, Escolas, Freguesias e Municípios unem-se ao movimento e durante uma semana vão ao encontro da floresta para a Vivenciar, Proteger e para Plantar Portugal, respeitando a biodiversidade e as espécies autóctones.

Reflorestação Nacional Aderir
  • Página:
  • 1

Como Plantar Uma Árvore #413

CENTRO DE INFORMAÇÃO E ESTUDOS > COMO PLANTAR UMA ÁRVORE

Plantar uma Árvore - O erro mais comum ao plantar uma árvore é fazer uma cova demasiado profunda ou então demasiado estreita. Se for demasiado profunda as raízes não terão suficiente acesso a oxigénio para assegurar o seu correcto desenvolvimento. Se for demasiado estreita a estrutura das raízes poderá não expandir o suficiente para ancorar correctamente a árvore.

COMO PLANTAR UMA ÁRVORE

Para plantar uma árvore, regra geral, a largura e a profundidade da cova deve ser 2 a 3 vezes maior que o diâmetro das raízes.

No caso de terrenos compactos, com pouca drenagem, é importante ter em conta o envidraçamento das paredes e fundo da cova originado no processo de abertura, o que dificultará o escoamento da água. Evite que tal aconteça fazendo rasgos no solo através de uma forquilha para quebrar essa barreira.

Caso se verifique necessário, sobretudo em solos muito pobres, deve considerar a hipótese de aplicar um adubo orgânico de fundo.


Terminada a cova, segure na árvore levantando-a pela raiz (nunca pelo tronco).
Liberte as pontas da raiz para fora e apare as que estiverem partidas ou estragadas.
Coloque um pouco de terra no centro da cova e coloque a árvore em cima desse monte.
Ajuste a altura de modo a evitar que fique plantada muito fundo e certifique-se que a linha do solo da nova árvore fica mais alta que a superfície do buraco que a envolve.
Verifique se a árvore está direita e encha o buraco com terra, finalizando com uma rega abundante.



Por fim, para um correcto desenvolvimento da árvore, deverá protegê-la contra pestes e doenças através da remoção das plantas e ervas daninhas mais próximas, evitando desse modo que entrem em competição com a raiz da árvore na absorção de água e nutrientes.

Deverá ainda colocar uma rede de estrutura tubular em volta da árvore para a proteger de animais, como coelhos e outros roedores.


COMO SEMEAR UMA ÁRVORE

As sementes têm germinado de forma natural e as árvores crescido desde há muito tempo sem a ajuda do Homem, seguindo o curso habitual da natureza. A maioria das sementes, quando semeadas no Outono sem qualquer pré-tratamento, irão naturalmente começar a germinar na primavera seguinte, saindo do seu período de dormência e entrando no processo de germinação à medida que o calor primaveril vai chegando.

No entanto é preciso ter em conta que em situações especificas somos levados a intervir, e assim sendo convém salientar que uma germinação forçada ou assistida é por vezes melhor e dá-nos resultados mais consistentes. Mas atenção que nem sempre assim acontece, existe um número importante de razões pelas quais uma árvore se recusa a germinar em condições artificiais. As duas maiores causas para um insucesso na germinação de árvores têm a ver com o duro revestimento de algumas sementes e o estado de dormência do seu embrião.

Existem técnicas específicas para assegurar condições óptimas à germinação de sementes de árvores, das quais falaremos num próximo artigo.



PROCESSO DE SEMENTEIRA

As sementes podem ser semeadas em recipientes individuais ou em tabuleiros de germinação, assegurando que no processo de sementeira as sementes sejam colocadas à profundidade recomendada.

Pegando em vasos pequenos ou por exemplo copos de iogurte, é importante verificar se têm furos suficientes para escoar a água, normalmente cinco furos é o suficiente.
Cubra o fundo do vaso com leca ou pequenas pedras.
Prepare uma mistura de terra com turfa, na proporção de uma parte de terra para duas de turfa, coloque um pouco de água e mexer bem.
Encha um pouco mais de metade do vaso com a mistura preparada anteriormente e comprima-o ligeiramente.
Coloque a semente, acabe de encher o vaso com a mistura e comprima-o novamente.
Coloque uma etiqueta em cada vaso, com o nome da planta e a data em que ela foi semeada.
Dê uma ligeira rega para manter a humidade e coloque o vaso num local quente, com pouca luz.

Manter a humidade e um nível de temperatura adequado é crítico para uma correcta germinação de sementes, por isso, é aconselhável colocar o vaso dentro de uma mini-estufinha, assegurando que a mesma tem uma circulação de ar adequada. Faça furos no plástico caso se verifique necessário.



Quando os rebentos surgirem, retire o vaso do local em que se encontra e coloque-o num local com luz abundante.
Quando tiverem alguns centímetros de altura já poderão ser colocados no exterior.
Não esquecer de regar sempre que a terra fique seca na superfície.

É também muito importante ter em conta que mais tarde, ao retirar a árvore do vaso para a colocar na terra, deve ter extremo cuidado para não mexer muito na terra que se encontra agarrada às raízes.
...

Loja de Sementes Biológicas © Certificadas
  • Página:
  • 1
Moderadores: Plantar Portugal
Tempo para criar página: 0.12 segundos